14 de fevereiro de 2014

' meu fruto de morder todas as horas '





“Que seja claro o teu céu, que seja luminoso e sereno o teu doce sorriso e bendita sejas pelos minutos de felicidade e de alegria que deste a outro coração solitário e agradecido. Meu Deus! Um minuto inteiro de felicidade! Não será isso o bastante para preencher toda a vida de um homem!”

~  Fiódor Dostoiévsky, Noites Brancas, p. 123



 Tarte Merengue de Limão, no Restaurante Pedro e o Lobo, a 1 de Fevereiro de 2014